SINTOMAS INDICADORES DA MEDIUNIDADE

Enviado por A. Cavalcanti Nenhum Comentário 14/05/2010

SINTOMAS INDICADORES DA MEDIUNIDADE:

Quem se depara com acontecimentos estranhos a normalidade das pessoas, quando vê, ouve ou presente fatos que mais tarde venham a se concretizar, sem dúvida está precisando ser avaliado por um dirigente espírita para ser instruído segundo suas necessidades mediúnicas.

Não se deve ter dúvida, principalmente quando já tenha procurado um profissional da saúde, que após exames laboratoriais, nada pode diagnosticar, dentro da relação de enfermidades estabelecidas pela medicina terrena.

Enquanto esse ser não é detentor do conhecimento de que é um médium de prova, ou um compromissado para colaborar com a espiritualidade nos serviços de esclarecimentos, e encaminhamento para desencarnados confusos, e ainda servir como elo de contato entre obsessores e obsedados, afim de que possam reaver a condição fraterna interrompida outrora, por motivos de discórdias, intrigas e feitos que magoaram e prejudicaram uma ou ambas as partes envolvidas, a espiritualidade promove fenômenos a ser sentido pelo aspirante a médium, tornando-o possuidor do seguinte quadro sintomático:

Peso nos ombros;

Vontade de chorar;

Visões astrais;

Ouvir de vozes;

Dor de cabeça constante;

Dores pelo corpo;

Insônia;

Medo;

Pesadelos;

Angústia, dentre Outros…

Dentro do conceito que esclarece que a sabedoria é libertadora do ser, podemos acreditar que a ida á Casa Espírita trará condições que proporcionará á mente confusa no presente, a sabedoria para decidir o que lhe é mais apropriado. A Doutrina Espírita têm para oferecer ao neófito, uma visão dos conceitos espiritistas, como:

O verdadeiro significado da mediunidade;

A lei da Reencarnação;

A lei da Causa e Efeito;

Conhecer sobre Jesus e seu evangelho;

A função consoladora da Doutrina Espírita, dentre outros…

Convém deixar claro que para aqueles que aceitaram vir á Terra sob a necessidade do trabalho mediúnico, que caso não cumpra com suas obrigações, terá de sofrer as conseqüências estabelecidas pela Lei do Carma que a todos oferece a oportunidade de se ajustar perante os prejuízos causados a outros em tempo idos.

A análise do estado mediúnico, mais o agravo por questão de uma atuação de entidade que o obsedia, é fato extremamente importante para o restabelecimento da saúde psicofísica. Lembre-se a semeadura foi e continua livre. A colheita sempre será obrigatória.

“Se instrua mais lendo as páginas sobre mediunidade”.



Leave a Reply