EM BUSCA DA LUZ INTERIOR

Editado por A. Cavalcanti Nenhum Comentário domingo, junho 14th, 2009

Categoria: LIVROS

Em busca da luz interiorOs males sociais estão provando que não existe mais oportunidade de intercâmbio entre as pessoas. Cada um cuida de si, como que não tendo alguém para repartir suas alegrias, suas dores. Os desencontros entre os homens constituem uma tendência predominante na sociedade moderna.
Assim, os tempos atuais têm sido de provas para a transformação de seu caráter. Quem sabe, com toda essa situação, ele não se erguerá do caos em que se precipitou?
Consciente de seus deveres, o homem tem negligenciado e alijado seus sentimentos mais nobres. Porém, com tudo que tem passado, sua transformação gradativa ocorrerá e ele irá se recompor, buscando novos rumos. Tanto assim que, embora enfraquecido seu núcleo familiar, tem procurado manter-se entre seus irmãos.
Temos certeza de que este sentimento apenas está adormecido em seu centro, e logo despertará após ter purgado seus próprios desatinos.

Neste belo livro, Ramatís traz novas mensagens esclarecedoras, buscando conduzir a consciência humana ao seu real objetivo, que é a convivência fraterna entre os seus semelhantes – primeiro passo para entender o mecanismo do Criador.

Você faz parte integrante da verdade da vida, da verdade de estar aqui à disposição das forças que regem a existência do espírito encarnado. Faça sua parte que é seu dever, e estará cumprindo a Lei.

Nada é mais forte do que o amor entre os irmãos. Todos deveriam se olhar com os olhos do coração para sentir a união com Deus.

Há uma necessidade urgente de todos se alimentarem do pão que mata a fome da alma, que é a fé e a caridade.

Nem sempre os que chegam primeiro sabem por onde vieram; são apenas impulsionados pelo hábito.

Se você tem um desafeto, trate-o com compreensão. Mais tarde ele poderá ser seu amigo e companheiro de grandes aventuras no plano das encarnações.



ELUCIDAÇÕES DO ALÉM

Editado por A. Cavalcanti Nenhum Comentário domingo, junho 14th, 2009

Categoria: LIVROS

“No Universo não existem fantasias nem milagres, mas tudo obedece a um processo de Ciência Cósmica com leis invariáveis. É óbvio, pois, que a operação de “pensar”, “desejar” ou “sentir” do espírito exige sistemas, órgãos e mecanismos adequados na contextura do perispírito.” Ramatís

Elucidações do alémNesta obra, Ramatís simplifica temas transcedentais relativos à constituição oculta do homem.
Os corpos astral e mental (perispírito), o duplo-etérico e suas funções, a descrição e funcionamento dos chacras etéricos e astrais, assim como noções sobre o prana, são tratados de forma didática, na característica forma de perguntas e respostas que o luminoso Mestre da Grécia antiga aprecia utilizar para transmitir o conhecimento.
Faculdades psíquicas outrora comuns ao currículo das escolas iniciáticas – algumas hoje catalogadas como “faculdades mediúnicas” – são analisadas de forma clara e acessível ao estudante: a Radiestesia, a Psicometria, os fenômenos de efeitos físicos e de “voz direta”, bem como o mecanismo astroetérico que produz os chamados “lugares assombrados”.
Em capítulo especial, Mestre Ramatís desvenda o processo reeducativo que se verifica, em casos de retardo mental severo, no psiquismo enfermo dos espíritos fazedores de guerra do passado. Outro capítulo peculiar descreve a missão social e espiritual do Brasil na liderança da Nova Era, analisando os componentes do psiquismo do povo brasileiro que o credenciam para essa condição.
Há 35 anos esgotando sucessivas edições, esta obra já se impôs à preferência dos estudantes espiritualistas do Brasil.



CHAMA CRÍSTICA

Editado por A. Cavalcanti Nenhum Comentário domingo, junho 14th, 2009

Categoria: LIVROS

Chama crísticaRamatís é porta-voz dos conhecimentos milenares da chamada Sabedoria Secreta, que os Dirigentes Planetários desejam devolver gradualmente à consciência da humanidade, num grande projeto que envolve todas as correntes espiritualistas.
Em “Chama Crística”, ele estabelece a conexão dessa Sabedoria Oculta com suas fontes originais: a Lei Maior Divina – Aumbandhã ou Conhecimento Integral – trazida de outros mundos siderais, e presente no planeta desde as mais antigas raças. Revela particularidades desses exilados de outras constelações e sua trajetória no planeta, após a chegada na Atlântida.
Para tanto, revive sua condição de antigo Mestre Atlante, mostrando as técnicas sutis com que essa Magia Divina dos Templos da Luz continua a operar no Plano Astral, junto com médiuns encarnados, no resgate dos sofredores e líderes das trevas.
Dos arcanos dessa Ciência Secreta, nos transmite noções de Física Cósmica, chacras siderais e buracos negros, campos dimensionais e eixo planetário. Detalha a magia do magnetismo curador, dos enxertos ectoplásmicos, da fitoterapia astral, dos Quatro Elementos, e da antiga medicina Ayurvédica da Índia.
Entre múltiplos ensinamentos e revelações, ele sublinha o Universalismo, base da nova consciência planetária: “A espiritualidade é universalista, crística, não existindo do lado de cá sectarismos, seitas ou religiões, dogmas ou ritualismos exclusivistas.”
Esta nova obra de Ramatís, de conteúdo inovador como sempre foi sua característica, fará o leitor reencontrar-se com o estilo peculiar que traz o “toque do Mestre”, que assim inicia uma nova espiral de revelações para a Era de Aquário.



A VIDA HUMANA E O ESPÍRITO IMORTAL

Editado por A. Cavalcanti Nenhum Comentário domingo, junho 14th, 2009

Categoria: LIVROS

A vida humana e o espírito imortalO espírito imortal não nasce, não cresce, não morre e não renasce; matricula-se temporariamente na escola da Terra, onde o currículo proposto para estimular sua evolução consciencial é composto de umas seqüências de problemas.
Os entraves da vida humana e suas equações esclarecedoras, é, portanto, o foco desta obra de Ramatís. E mais, no âmbito familiar ele aborda: o processo de reencarnação, a infância, a educação dos filhos sob a perspectiva espiritual, a adoção e o binômio afeto-disciplina. Compõem os “cursos básicos” e as “especializações” da escola terrestre temas como: problemas da saúde, da alimentação, do trabalho, da religião, dos governos, e até mesmo os problemas adquiridos quando se pretende fugir dos problemas: o alcoolismo, o tabagismo etc.
Em seu estilo de peculiar clareza e profundidade, que nada deixa por examinar e nada teme analisar, Ramatís esboça a geometria transcendental que soluciona, pelos instrumentos da ótica espiritual, a arquitetura do edifício secular da vida humana.



A VIDA ALÉM DA SEPULTURA

Editado por A. Cavalcanti Nenhum Comentário domingo, junho 14th, 2009

Categoria: LIVROS

“A morte do corpo é simples mudança de apartamento para o espírito”.

A vida além da sepulturaEm “A Vida Além da Sepultura”, obra inspirada por Ramatís, o fenômeno da morte, despido de toda a morbidez, é descrito com a naturalidade própria de uma “volta para casa”. Para tanto, Ramatís convida, para descrever sua própria “viagem de retorno”, o discípulo que adota o nome de Atanagildo — um filho da Grécia antiga, cuja última encarnação se deu no Brasil. Com a salutar irreverência do espírito grego, Atanagildo descreve sua própria travessia e chegada no Além, revestindo de particular humor os velhos mitos fúnebres da humanidade.
Oferece uma ampla descrição da cidade do Astral Superior, onde reside, conhecida como o “Grande Coração”, cujo cenário de beleza sideral justificaria o velho conceito de “céu” das crenças tradicionais.
Em contraponto, oferece um “tour” pelas colônias astrais de costumes antiquados, e pelas cidades do Astral Inferior, incluindo as zonas dos charcos, o ineditismo de um capítulo sobre Aves e Animais do Astral Inferior, e outro que trata das Organizações do Mal.
Um verdadeira anatomia do processo do desencarne, detalhando as providências técnicas de desligamento do espírito do corpo denso, que se transforma, pela verve e humor de Atanagildo, em fascinante relato desvendando a face luminosa da suposta Ceifadora de vidas:
“Quando logrei despertar no Além, tive a grata surpresa de ser apresentado a dois espíritos com uma irradiação de luz azulada a lhes fluir pelo tórax, formando um halo em torno das cabeças: eram os dois espíritos técnicos que me haviam ajudado a desligar-me do corpo físico. Quando tal acontecera, eu me achava diante da lendária “Morte”, tão temida… Aquelas fisionomias iluminadas, afáveis e sorridentes, junto do meu leito, eram um formal desmentido à lenda da megera esquelética com a sinistra foice! Eles leram, então, o meu pensamento, com certo ar travesso; depois, fitaram-me e, sem que eu também pudesse me conter, rimos francamente; um riso farto e sonoro, que inundou o ambiente de vibrações alegres e festivas! Ríamos diante da farsa da “morte”…
Na Segunda parte da obra, Ramatís trata diretamente de temas como a obsessão, a limitação de filhos, a relações cármicas entre pais e filhos, e os processos de parasitismo de desencarnados sobre os encarnados.
Em quase cinqüenta anos de reedições sucessivas, esta obra de fascinante conteúdo e repleta de informações continua uma das mais procuradas dentre as obras de Ramatís, como um oportuno “guia de viagem” para a inevitável e — porque não? — feliz travessia para a Outra Margem da vida.



A SOBREVEVÊNCIA DO ESPÍRITO

Editado por A. Cavalcanti Nenhum Comentário domingo, junho 14th, 2009

Categoria: LIVROS

A Sobrevivência do EspíritoA Sobrevivência do Espírito, obra de Ramatís e seu discípulo Atanagildo aborda a fisiologia oculta do corpo astral, a vida nos planos suprafísicos, e os poderes da alma em liberdade na sua verdadeira pátria.
Analisa os sistemas e órgãos do corpo astral, com seu metabolismo transcedental; as incríveis dimensões do sentido da vista, no Além, que já prenunciam a onisciência futura do ser; a volição, precursora da onipresença intrínseca à centelha divina; as forças mentais e suas criações, tão fascinantes como contos de fada, atestando a onipotência que vive na intimidade dos pequenos deuses que somos – como a encantadora descrição da magia colorida e terapêutica de espíritos angélicos sobre um chafariz de sua cidade astral.
Trata da música e seus efeitos, dos arcanjos constelatórios ao homem encarnado. Atento repórter, Atanagildo desce a minúcias sobre a música que se cultiva nas esferas astrais superiores, como instrumentos, gêneros, compositores e executantes.
Na segunda parte, inclui-se o mais singular estudo sobre um instrumento vital para a humanidade do Terceiro Milênio: o Esperanto. Ramatís desvenda o planejamento oculto do Comando Planetário para a Missão Esperanto na Terra, a estrutura mantrânica dessa língua fraterna, composta pelos técnicos siderais, dotada de poderosa força esotérica para servir de elo entre os homens, e a missão de Zamenhoff e seus aspectos ocultos.. Atanagildo acrescenta a extraordinária descrição de uma Academia de Esperanto no Astral Superior do Brasil. Ramatís conclui com elucidações sobre sonhos e recordação do passado, e o suicídio.



A MISSÃO DA UMBANDA

Editado por A. Cavalcanti Nenhum Comentário domingo, junho 14th, 2009

Categoria: LIVROS

A missão da umbandaEmbora surgida no Brasil em 1908, com a manifestação do Caboclo das Sete Encruzilhadas pelo médium Zélio de Moraes, a umbanda é “mais antiga nos planos rarefeitos que o próprio planeta Terra”. Para desvelar sua essência e seus verdadeiros fundamentos, Ramatís retorna à literatura espiritualista e delimita o perfil doutrinário e ritualista desta religião eminentemente brasileira fundamentada no Evangelho do Cristo, que em nada se parece com as práticas mágicas populares e os cultos de origem africana.
O que são verdadeiramente os orixás e exus, o que representam os assentamentos vibratórios, o surgimento da tela etérica e sua relação com o mediunismo, as correspondências vibratórias entre os planos do Universo, os corpos sutis, os chacras e os orixás; as escolas orientais e a gênese desta religião de raízes cósmicas, os sincretismos e as influências indígena, negra e branca, são elucidados com a objetividade que lhe é peculiar. E mais: a realidade oculta atrás dos sacrifícios de animais, prática que nada tem a ver com a ritualística da verdadeira umbanda, assim como os populares “despachos” nas esquinas urbanas, são definitivamente esclarecidos.
Esta obra é, portanto, um relevante marco na trajetória do movimento umbandista, e sem dúvida uma importante referência para todos os umbandistas sérios e espiritualistas estudiosos.



O SUBLIME PEREGRINO

Editado por A. Cavalcanti Nenhum Comentário domingo, junho 14th, 2009

Categoria: LIVROS

O sublime peregrinoEsta obra resulta da experiência direta de Ramatís — conhecido filósofo de Alexandria ao tempo de Jesus — que foi à Palestina encontrar pessoalmente o Mestre Nazareno, e posteriormente colheu, nos registros akhásicos, os verdadeiros registros vivos de sua existência no planeta.
Por isso, “O Sublime Peregrino” traz com realismo cinematográfico temas nunca dantes abordados: o nascimento, a infância e o lar do menino Jesus, suas brincadeiras e preferências, sua família e gestação, sua vida quotidiana entre o povo hebreu, o cenário da Galiléia e a influência de seu povo na missão de Jesus. Mas também focaliza como nenhuma outra obra a identidade sideral de Jesus, sua relação com o Cristo Planetário, os aspectos iniciáticos de sua missão, suas relações com os essênios. Revela detalhes inéditos sobre a figura de Maria de Nazaré e sua missão, sua gestação protegida pelas hostes angélicas, e o verdadeiro cenário do nascimento do menino-luz. E traça com riqueza psicológica o verdadeiro e insuspeitado perfil de Maria de Magdala e seu encontro com o Mestre.
Além da abordagem de temas iniciáticos como a descida angélica e a queda angélica, o Grande Plano e o Calendário Sideral, recolhe-se nesta obra a mais autêntica descrição do drama do calvário e dos últimos dias de Jesus.



A MISSÃO DO ESPIRITISMO

Editado por A. Cavalcanti Nenhum Comentário sábado, junho 13th, 2009

Categoria: LIVROS

a_missao_do_espiritismo Universalista, como a tônica original da doutrina espírita, esta obra de Ramatís examina sucessivamente os grandes movimentos religiosos – o Catolicismo, o Protestantismo, o Budismo, a Teosofia e a Umbanda, e as relações do Espiritismo com cada um deles, e ainda com o Evangelho, a Biblia e a Psicanálise, e a sua posição ante a Homeopatia. Ramatís delineia a missão transcedental da doutrina espírita, que, ao invés de “mais uma doutrina”, sectária e exclusivista, foi prevista pelo Alto como elo de união fraterna entre crenças e religiões. Como síntese acessível ao homem contemporâneo das grandes verdades “ocultas” iniciáticas, possibilita ao espírito ocidental, neste século da transição planetária, efetuar a “iniciação à luz do dia”. Esta obra vem recordar a alta missão de solidariedade universal do Espiritismo, como um movimento libertador de consciências, destacando sempre o ideal de Fraternidade que o anima, e sua alta função de atender a todas as indagações do conhecimento humano. Ao mesmo tempo, como um estudo de religiões comparadas, traz valiosas informações sobre os conteúdos dessas diversas correntes, salientando-se as preciosas informações sobre a Umbanda e sua elevada missão, esquematizada pelo Alto para o Terceiro Milênio.

leia mais: A MISSÃO DO ESPIRITISMO



FISIOLOGIA DA ALMA

Editado por A. Cavalcanti Nenhum Comentário quarta-feira, maio 27th, 2009

Categoria: LIVROS

Fisiologia da Alma

Nesta obra, Ramatís desvenda o mecanismo oculto que desencadeia, a partir dos corpos sutis do ser humano, as enfermidades do corpo físico. A origem e causa das moléstias é transposta em linguagem clara e acessível, que abre extraordinários horizontes de compreensão do binômio saúde-enfermidade.

A etiologia, raízes cármicas, tratamento e cura do câncer são analisados desde sua verdadeira origem no “mundo oculto” das causas e em suas relações com a extinta Atlântida.

Analisando a homeopatia, Ramatís elucida o verdadeiro processo de atuação das doses infinitesimais, a amplitude de sua atuação nos corpos sutis e na raiz dos processos patológicos, suas infinitas possibilidades terapêuticas ainda não inteiramente exploradas, e as condições requeridas para o êxito integral do tratamento homeopático.

O capítulo “A Alimentação Carnívora e o Vegetarianismo” já se tornou um clássico sobre o tema; a atuação do álcool e do fumo é analisada por sob a ótica do mundo oculto.