CHACRA BÁSICO

Enviado por A. Cavalcanti Nenhum Comentário 09/07/2009

CHACRA BÁSICO

– O chacra básico, também chamado de fundamental, raiz, kundalíneo ou basal, localiza-se na base da coluna vertebral ou espinha dorsal, junto ao plexo sagrado.

– Durante o seu giro, apresenta-se á visão astral apenas com quatro raios, formando sugestiva figura de uma cruz no seu centro etérico numa cor vermelha alaranjada, com fulgurações escarlates.

– É o mais primitivo e singelo de todos, na sua manifestação algo “física”, é um dos principais modeladores das formas e dos estímulos da vida orgânica. É o condutor do famoso “fogo serpentino”, centro etérico responsável pelo fluxo das energias poderosas que emanam do Sol e da intimidade da Terra, a energia “mãe do mundo”, pois ela é o principal fundamento da vida na matéria.

– O “fogo serpentino” é um combustível poderoso. Fui da intimidade terráquea ou das zonas de maior ebulição primária, onde as energias criadoras do planeta fundem-se num abraço selvático e agressivo, embora elas sejam o sustentáculo da vida rudimentar no orbe. O fluxo energético, denominado “fogo serpentino”, provindo do âmago da Terra em simbiose com as forças que descem do Sol, assemelha-se a uma torrente de fogo líquido a subir pela coluna vertebral do homem, a qual depois ativa as energias instintivas ou inferiores, próprias do mundo animal!

– Essas energias que alimentam a vida primária, selvática e vigorosa; constituem-se na forma do éter físico grosseiro, em ondas, para alimentar a natureza animal, se o seu dono não for um espírito superior. O ser que possui esse chacra muito desenvolvido, mas de insuficiente controle, pode ser conduzido á loucura, porque a sua ação muito forte acicata o desejo sexual, semeando a satisfação aberrativa. Grande número de abusos e desvios sexuais é causado pelo desequilíbrio deste chacra, influenciando, com freqüência, pela ação de obsessores, que aí encontram campo fácil de domínio de suas vítimas naturais de força vital.

– Os obsessores, podem ainda insensibilizar sobre tudo as mulheres, para causar frigidez que leva a desfazer lares. Nesse chacra ocorrem as ligações dos espíritos, para o uso desregrado do sexo. Experimentam todas as sensações, aumentando de muito o gozo dos encarnados, tornando os sempre insatisfeitos e buscando mais, insaciáveis, para que os espíritos se aproveitem.

– O “fogo serpentino”, quando atua num ser livre das paixões perigosas, do mundo carnal e com seu chacra básico desenvolvido, sua atuação é controlada, sendo desviada sua ação agressiva e ativadora sexual inferior, para reativar os demais chacras mantendo-se o homem sob o discernimento espiritual. Neste caso, o fluxo vitalizante sublimado sobe pela coluna vertebral até o cérebro, irrigando-o e redobrando as atividades mentais do mundo superior, tornando o homem lúcido e dinâmico, sintonizado com as vibrações cristicas. Sob o comando de um espírito superior, a energia primária sublima-se pela contínua aplicação somente ás coisas elevadas, fazendo que os seus resíduos deletérios baixem para o subsolo do próprio planeta de onde provieram. –[1][2]


[1]– Elucidações do Além – Ramatís – Cap. Os Chacras – Pág. 180 e 181.

[2]Técnica da Mediunidade – Osvaldo Pastorino – Cap. Plano Astral / Os Chacras – Pág. 157 / 161.

Leave a Reply